Manthus Corporal

tratamento_spa_manthus_dr_picturesMANTHUS
O MANTHUS é um equipamento  computadorizado, preciso e versátil, constituído por geradores de ultra-som e correntes potentes para tratamento de celulite simples, celulite com fibrose  e gordura localizada.
O aparelho á também utilizado para tratamento pré e pós-operatório, drenagem linfática e drenagem de fibroses e hematomas.

Indicações:

– Celulite Grau 1 
Celulite é invisível e impalpável. Há mínima proliferação de células gordurosas que provocam um discreto inchaço (edema) na pele. Caracteriza-se por ser uma fase breve e puramente circulatória.

– Celulite Grau 2
A celulite é visível e pode ser sentida à palpação. As células adiposas aumentam de número e tamanho comprimindo vasos linfáticos, o edema torna-se menos discreto quando comparado ao Grau 1 e as fibras de colágeno enrijecem. Todas essas alterações conferem à pele um aspecto ondulado.

– Celulite Grau 3
Celulite facilmente visível ao repouso e sentida à palpação. Aparecem nódulos devido ao agravamento do quadro apresentando nos graus I e II. As células adiposas se proliferam e invadem as demais camadas da pele, fibras de colagem intumescem e se tornam septos fibrosos. As células adiposas aumentadas e aprisionadas nesses septos conferem à pele um aspecto de casca-de-laranja.

– Gordura localizada
Acúmulo de tecido adiposo (gorduroso) em determinadas regiões do corpo. Sua localização varia de acordo com o sexo: mulheres tendem a acumular adipócitos na região do quadril (“culote”),mas pode variar de acordo com seu biótipo. Os homens apresentam maior depósito na região do abdome.

– Hidrolipoclasia
A hidrolipoclasia consiste em um método de aplicação de soro fisiológico e/ou água destilada associada a princípios ativos lipolíticos. A aplicação de ultra-som puro de 3 MHz  subsequente, por seu efeito mecânico (vibratório) sobre as células adiposas, promove o rompimento de células e pode ser mais efetivo na eliminação da gordura.

– Pós-Operatório Recente
Programa utilizado para o pós-operatório imediato e nos 10 primeiros dias de pós-operatório, prevenindo possíveis fibroses e aderências.

– Pós-Operatório Tardio
Utiliza-se esse programa no caso de pacientes que passaram por uma ou mais cirurgias sem ter realizado um tratamento pós-operatório. É indicado, então no caso de ter se passado meses ou anos após a cirurgia onde há a presença de fibrose e aderência.

– Drenagem de hematomas
Esse programa é indicado para o período do pós-operatório imediato quando há presença de hematomas em grande extensão. Pode ser usado como recurso coadjuvante do programa pó-cirúrgico recente 1 e 2.

– Drenagem linfática

Movimentos lentos e direcionados com a finalidade de acelerar o fluxo linfático e diminuir edemas.